quantos indecisos andam agora por aqui

Tuesday, May 29, 2012

ponto final

uma vez que parece não haver forma de recuperar cinco anos de imagens deste pasquim e do outro diário de culinária, não tenho outra opção senão despedir-me deste cantinho.

por agora.

também não tem havido inspiração para grandes coisas, por isso talvez seja pelo melhor.

Thursday, April 12, 2012

descobertas

não consigo dizer "tagarelaria" muito rápido.

Wednesday, April 04, 2012

movimento dos sem emprego


porque o desempregado é, na mesma, trabalhador.

por falar em desculpas

já abriu a época oficial de desejos de boa páscoa.

Tuesday, April 03, 2012

abril

não gosto deste tempo intermédio, em que não chove nem faz sol. ao menos que chovesse de uma vez, que já se sabe que em abril é assim.

já devia era estar a dormir ii

talvez a minha insónia seja directamente proporcional à quantidade de açúcar que ingiro depois de jantar. quando uma pessoa tem queda para o que lhe faz mal, há desculpas para tudo: ou porque o jantar foi demasiado salgado, ou porque preciso de energia durante um pouco, ou porque há ali um pacote de qualquer coisa a chamar por mim. mas verdade seja dita: prefiro não dormir do que...

Friday, March 30, 2012

já devia era estar a dormir i

gostava de saber por que razão os inventores do jogo da "apanhada" decidiram chamar "coito" ao intervalo. desde que aprendi a verdade sobre os meninos e as meninas me pergunto.

para grandes remédios, grandes males

se o meu mal fosse sono, caía na cama e dormia. acontece que os lençóis resguardam pensamentos e impedem a entrada dos encantos de morfeu. já desisti de ver notícias de noite para depois não me perder em pesadelos, mas não basta isso. entretanto as insónias já não são defeito, são feitio. preferia que a minha segunda personalidade, a preguiçosa, se apoderasse de mim à noite, mas essa maldita reserva-se ao direito de aparecer inesperada e inoportunadamente. dizem que as pessoas que sofrem do tipo mais agudo de insónias podem passar um ano sem dormir. talvez experimente isso um dia destes. não tenho medo de asilos.

Thursday, March 29, 2012

pãezinhos

durante os dois meses em que vivi na rua do rosário, no porto, ia todos os dias a uma mercearia comprar dois pãezinhos, tipo uns pães "franceses" em miniatura; não havia uma hora apropriada e tanto fazia se era de manhã ou de tarde (manhãzinhas e tardinhas, que eu sou de extremos). de qualquer forma, a minha pontaria certeira fazia com que a minha visita calhasse precisamente quando uma fornada dos ditos pãezinhos estava a cinco minutos de sair do forno. e o senhor dizia-me "pode levar já estes, mas olhe que daqui a cinco minutos sai uma fornada". e eu esperava e nos entretantos saía, atravessava para o passeio do lado de lá e olhava para o fundo da rua e conseguia vislumbrar um resquício do rio. cinco minutos passados voltava a entrar na mercearia para levar aqueles danados, que não consigo encontrar cá na capital. tenho saudades dessa mercearia, apesar de ter detestado viver naquela zona. e sinto falta que me avisem que está para sair uma fornada de pães antes de eu levar os que já lá estão, porque no pingo doce não têm esse cuidado. além disso, esses pães aqui são chamados de "brasileiros" e são maiores, mais ocos e menos crocantes por fora.

Saturday, March 24, 2012

paradoxos ix

os meios de comunicação social podem servir de "gatekeepers" e "watchdogs". infelizmente, hoje em dia têm-se tornado cada vez mais os "watchdogs" e "gatekeepers" do lado contrário ao que deviam estar.

Friday, March 23, 2012

ao sabor das necessidades ii

quando comecei a blogar, havia correntes de perguntas que passavam de blogger em blogger; depois surgiram concursos sobre qual seria o blog mais interessante, mais divertido, mais inovador, mais fashionista e por aí fora.

agora há um concurso desses (que já vai na terceira edição) que se chama BILF (Blogger I'd Love to Fuck):

Thursday, March 22, 2012

ao sabor das necessidades i

quando comecei a utilizar a internet, o spam consistia em anúncios de viagra, aumentos de pénis, mulheres disponíveis e heranças fantásticas.

agora o spam consiste em ofertas de emprego extraordinárias e bem pagas.

Wednesday, March 21, 2012

paradoxos viii

este blogue anda a precisar de fotos, mas ultimamente só consigo pensar em palavras.